sexta-feira, 21 de março de 2014

Cartas para um futuro amor: Decidi te Esperar!


    Minhas mãos se encontram soltas. Decidi te esperar, pois meu coração já não aguentava mais viver   machucado por paixões passageiras. Nao tenho a minima ideia de onde se encontra, não sei como e a sua vida, onde trabalha, seus planos. Mas um dia a gente se encontra.
  Talvez iremos nos esbarrar na multidão de um ônibus lotado, nos olharemos, um leve sorriso ira aparecer, uma voz delicada formando a palavra desculpa. Em uma viagem, na praia, mercado, em uma rua qualquer. Ja posso sentir seus abraços, seu olhar. Sim. Ate mesmo nossas discussão por algo vão. Somos humanos, teremos opiniões diferentes. Aquele leve olhar de ciumes, aquele olhar de agradecimento, aquele olhar de apaixonados a cada manha.
    As vezes a decisão de espera se torna difícil, chata, monótona, todos ao redor com seus parceiros. A idade, a lembrança daquele ex que tanto machucou. A vontade de desistir, a vontade de voltar no tempo. 
Nossas mãos se encontrando, nossos lábios, nossos corpos, nossa mente. Sua face, suas maos grosseiras, sua voz. Ah, sua voz soando perfeitamente, um eco. Aquele eco. Nossas pisadas na areia, nossos saltos, fotos espalhadas, sapatos espalhados, palavras espalhadas, pensamentos espalhados. Assim decidi te esperarei.  Assim esperarei o seu olhar, seu cheiro. Te esperar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário