sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Julgamentos!


  Voces já perceberam como as pessoas tem o dom de julgar, de apontar? Elas não tem ao menos a compaixão de perguntar como você se sente. Todos nos erramos, todos temos nossos dias de glorias e dias de fracassos.
 Ate hoje nunca consegui entender, as vezes tento o melhor de mim, sei que e impossível que tudo saia corretamente, "brilliant". Mas sinto que quando piso falso as pessoas já estão ali  postas, apenas esperando o momento de distração, me sinto como se fosse apenas uma mira para suas facadas. Sabe, eu sei que errei, sei que não deveria ter feito daquela forma, poderia ter auto direcionado melhor meu caminho.
Sinto que cada palavra que saem de suas bocas soam tao julgadoras, palavras diretas, cada frase bem milimetrada. Sei que vocês querem me machucar, e eu aqui, tentando coordenar tudo que digo, para que nada vire uma bala em direção a alguém. E vocês?
Voces apenas fazem questão de jogar na minha cara, de jogar que não sou nada daquilo que vocês planejaram. Cada palavra que deixo sair entre meus lábios. Cada opinião exposta, são como forma de vocês usarem contra.
Sei que vocês querem me ver caída, sem ao menos forcas para me levantar, eu sei disso. Nao consigo e jamais entenderei.
O olhar já diz tudo. Me sinto mal, me sinto sem forcas, apenas queria um minimo de apoio, queria que olhassem para si mesmos, e vissem quem são vocês. Me sinto completamente conturbada em meio a tudo isso, sei que não deveria.
Mas sabe, ando cansada, completamente cansada do julgamento de cada um, se acham no direito de apontar o dedo na minha cara e soltarem suas meia duzias de palavras, pois assim façam. Mas irei usar cada palavra como um combustível para a minha conquista, aproveitem suas opiniões, e assim joguem elas sobre mim, um dia terei forcas suficientes para provar tudo ao contrario.
E provarei principalmente para mim, pois aqueles que julgam,  são os mais fracos, aqueles que não ocupam a cabeça com sonhos e planos. Pois bem, fiquem a vontade e julguem o que quiserem! Torno suas inúteis palavras, uteis para minhas conquistas!
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário