segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Ah Sim!


       Hoje o meu dia não foi  dos melhores, atitudes tiveram que serem postas em ação.
Passei o dia na internet e aproveitando para fazer um trabalho para cunhada. Apos o almoço resolvi lavar os itens, e naquela coisa de atualizar feed de noticias do facebook, me deparei com algo que me entristeceu completamente. Ver alguém que você gosta, que diz que gosta de você. Que te elogia, que mesmo distante te faz juras de amor. Quando do nada me deparo com uma frase: Ela disse me disse que sou tal coisa....
Nao irei completar a frase, não quero ficar me marcando. Esse tal " Ela" não se referia a mim, tenho total certeza. Eu não consigo entender o que leva a uma pessoa a voltar para sua vida, quando você já esta quase esquecendo, e de repente conseguir mover tudo para fora do lugar.
Sinto como se fosse uma ferida. Sabem aquela ferida que esta quase cicatrizando, ai você do nada faz questão de cutuca-la novamente? Todos nos sabemos que quanto mais cutucamos, quanto mais fuçamos, mais aquela ferida cresce, ela aumenta, se torna uma ulcera.
E foi assim que fui levando essa historia. Resolvi fugir da internet para conseguir cura-la, foi uma tentativa em vão. Voltei ao mundo virtual, e ali te encontrei, no canto da tela, tao visível. Minha vontade era te arrancar dali, mas suportei, pensei: Vou encarar esse problema sem medo!
Passamos a conversar pela web, e aquela boba esperança de retorno sempre a porta. Aonde eu estava com a cabeça?
Mas comecei a me cansar. Aquelas promessas pareciam tao bobas, falsas. Me encantei com cada palavra, mas me desanimei com cada atitude, nada do que dizia correspondia com a ação. Sabem como eu me sentia? Me sentia a segunda ou ate mesmo a ultima opção. Dias ele me parecia com o  tal oi e o tal: Vamos nos ver? E ali eu me sentia encantada. Outros dias ele não me concedia ao menos um Oi, e eu só via ele ali, no verdinho. Outros ao menos se encontrava online. Sabem, eu me sentia como se ele precisasse  de mim apenas naqueles dia em que não tinha ninguém para conversar.
Acho que na verdade uma hora a gente cansa, tudo parece ser gostoso e tal. A fala, o modo de agir, mas devemos nos manter atentos. O doce e um exemplo, e muito gostoso, ate nos lambuzamos as vezes, mas o resultado muitas vezes não e satisfatório. Me sentia uma completa idiota, esperando a pessoa aparecer e dizer um oi, e logo me ver na web conversando com alguém que não sei ao menos o que anda fazendo com a web off.
E foi então que percebi. A unica maneira para uma recuperação completa seria o tal " desfazer amizade", e ali apertei. Nao demorou muito tempo para que ele viesse com um: Oi, tudo bem?
E dizendo que estava "Muito Bem". Mas eu ja sabia onde essa conversa iria terminar. Logo ele me perguntou: Você me bloqueou. Inventei uma desculpa qualquer. Logo começou a puxar assunto, mas as únicas palavras que consegui digitar naquele momento foram: Ah Sim.
E ali nossa conversa se findou. E espero que por um longo e bom tempo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário