terça-feira, 4 de junho de 2013

Questionamentos

         Sempre tentei buscar o meu melhor, sempre busquei a logica de estar viva, sempre busquei respostas para as perguntas que minha mente teimava em saber.
        As pessoas não me conhecem o suficiente para me julgar, elas não sabem da metade do que sinto, elas não sabem a dor que carrego. Sempre fui apontada como uma menina estranha, esquisita, mas eu sempre soube o que queria, mesmo com a mente confusa, o que eu queria era apenas ser feliz. Sinto como se um ima estivesse grudado em mim e tudo que as pessoas falam, acaba se tornando um transtorno em minha mente, e por fim acabo deixando tudo de lado, meus sonhos, desejos e objetivos, e deixava de viver minha vida para viver a vida que os outros queriam. E minha vida passava sendo pouco aproveitada, me sentia velha e cansada, minha alma buscava por refugio, meu coração por afago, meu corpo descanso, minha  mente, ahh minha mente buscava sabedoria para trilhar os caminhos dessa vida, buscava sabedoria para discernir o bem do mal , e os meus lábios buscava apenas verdadeiros motivos para sorrir.
     No meio dessa total confusão, quero apenas encontrar o meu eu verdadeiro, que e apenas composto por mim mesma, sem opiniões alheias que sempre causaram embaraços em meu caminho, quero ter forcas suficientes para vencer toda energia negativa que me cerca, quero permanecer de ouvidos fechados para as palavras duras que saem da boca de pessoas sem compaixão e amor pela própria vida.